A Alma da Gente (filme)

De Wikidanca

(Diferença entre revisões)
Ir para: navegação, pesquisa
 
Linha 36: Linha 36:
'''Ely Azeredo''', no [http://rioshow.oglobo.globo.com/cinema/eventos/criticas-profissionais/a-alma-da-gente-8838.aspx O Globo]
'''Ely Azeredo''', no [http://rioshow.oglobo.globo.com/cinema/eventos/criticas-profissionais/a-alma-da-gente-8838.aspx O Globo]
-
 
Linha 80: Linha 79:
==Dança das Marés - o espetáculo==
==Dança das Marés - o espetáculo==
 +
 +
<center>[[Arquivo:A_alma_da_gente_4.jpg]]</center>
 +
 +
<center><small>Ivaldo Bertazzo em A Dança das Marés. Foto: David Meyer</small></center>
Durante a passagem de Ivaldo Bertazzo pelo Corpo de Dança da Maré (2000-2003), o grupo montou três espetáculos: “Mãe Gentil”, “Folias Guanabaras” e “Dança das Marés” – e foi este último que os diretores Helena Solberg e David Meyer acompanharam de perto, desde os meses de ensaios, passando pela construção da coreografia e do texto, até a prova do figurino e o grande dia da apresentação final.
Durante a passagem de Ivaldo Bertazzo pelo Corpo de Dança da Maré (2000-2003), o grupo montou três espetáculos: “Mãe Gentil”, “Folias Guanabaras” e “Dança das Marés” – e foi este último que os diretores Helena Solberg e David Meyer acompanharam de perto, desde os meses de ensaios, passando pela construção da coreografia e do texto, até a prova do figurino e o grande dia da apresentação final.

Edição atual tal como 15h26min de 26 de agosto de 2013

Documentário de Helena Solberg e David Meyer sobre o projeto do coreógrafo Ivaldo Bertazzo junto a adolescentes da Favela da Maré, no Rio de Janeiro, que resultou no espetáculo “Dança das Marés”, em 2002. Dez anos depois, o filme investiga o que aconteceu na vida dos participantes do projeto.

A Alma da gente 3.jpg

&lt;toc&gt;

História

No começo dos anos 2000, o coreógrafo Ivaldo Bertazzo coordenou um projeto de dança com adolescentes moradores da Favela da Maré, levando à apresentação do espetáculo "Dança das Marés". O documentário tem início com a rotina de treinos e bastidores desse espetáculo. Dez anos depois desses ensaios, em 2012, os diretores vão em busca dos 60 adolescentes que fizeram parte do projeto e descobre o destino dessas pessoas que tiveram suas vidas marcadas pela arte.

Foram cerca de 50 horas de gravação dos bastidores de “Dança das Marés”. Os diretores acompanharam passo-a-passo os ensaios, a disciplina, a dedicação e o esforço, todos dignos de registro. No site do documentário, declaram que “havia uma espécie de vício em acompanhar esses momentos, em assistir a evolução desses cidadãos dançantes”.

Alma da gente 2.jpg

O tempo passou. O material ficou na gaveta. O Corpo de Dança da Maré se dissolveu em 2003. Helena e David produziram outros filmes. Com as fitas daquela época mantidas na produtora, os diretores voltaram ao material com o desejo de produzir um filme sobre o que havia acontecido com todos aqueles participantes do projeto. Fooi então que decidiram voltar à Maré e colher o depoimento desses personagens nos dias atuais.

O filme participou do [É Tudo Verdade], festival internacional de documentários, em 2013, integrando a Mostra Competitiva de longa e média-metragens nacionais, sendo exibido em salas de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte e Brasília. A sessão de exibição no Rio contou com a participação dos cidadãos dançantes do Complexo da Maré, que puderam assistir a própria história na telona.

Em agosto, ”A Alma da Gente” entrou em cartaz nos cinemas brasileiros.

Crítica

A alma da gente 6.jpg

“Helena e Meyer têm um olhar aguçado para o elemento humano que emerge no filme. É a partir dele que vemos
o retrato social e a possibilidade de mudança – além da capacidade redentora da arte”.

Alysson Oliveira, no Cineweb

“A dança como processo educacional já é louvável por si só, mas o projeto vai muito além. Os cineastas encontram
personagens cativantes entre os alunos, que têm suas histórias e sonhos expostos diante da câmera”.

Susana Uchoa Itiberê no site Preview

“Solberg e Meyer montam sua narrativa estritamente a serviço do projeto sócio-artístico de Bertazzo e aliados. Nada a
comparar com o rico documentário de Solberg sobre o apogeu e o declínio da canção, “Palavra (en)cantada”, ou com o 
sucesso “Carmen Miranda: Bananas is my business”

Ely Azeredo, no O Globo


Ficha Técnica


Os diretores

Helena Solberg dirigiu de “Vida de Menina” (1994), “Carmen Miranda: Banana Is My Business” (1995) e “A Palavra (En)cantada” (2009). Depois do documentário sobre o Corpo de Dança da Maré, ela agora planeja como próximo projeto a ficção “A Visita”, sobre uma mulher que volta ao Brasil depois de viver muito tempo no exterior. O roteiro foi produzido a quatro mãos com Melanie Dimantas.

David Meyer participou como ator do filme “007 - Contra Octopussy” (1983)


Dança das Marés - o espetáculo

A alma da gente 4.jpg
Ivaldo Bertazzo em A Dança das Marés. Foto: David Meyer

Durante a passagem de Ivaldo Bertazzo pelo Corpo de Dança da Maré (2000-2003), o grupo montou três espetáculos: “Mãe Gentil”, “Folias Guanabaras” e “Dança das Marés” – e foi este último que os diretores Helena Solberg e David Meyer acompanharam de perto, desde os meses de ensaios, passando pela construção da coreografia e do texto, até a prova do figurino e o grande dia da apresentação final.

O tema do espetáculo é o rito de passagem da infância para a adolescência somados aos desafios da vida na favela. Em meio à dança, os jovens relatam suas experiências, a partir do roteiro de Dráuzio Varella, que se baseou em depoimentos do grupo.

O espetáculo teve trilha do Grupo Uakti, executada ao vivo, numa mistura de ritmos indianos e temas clássicos. O figurino foi de Chico Spinosa. "Dança das Marés" contou ainda com 7 painéis de 10 metros quadrados, criados pelos jovens sob a orientação do artista plástico Deneir de Souza Martins.

Ao público que ia conferir o espetáculo também era distribuído gratuitamente o livro “Maré Vida na Favela”, com textos de Drauzio Varella, Ivaldo Bertazzo e Paola Berenstein Jacques, e imagens de Pedro Seiblitz.

Referências

Notícias Estadão

Notícias Terra


Ligações externas

site oficial

Site Adorocinema

trailer TV Uol

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas
Visite-nos
Idana.net - Home