Esther Weitzman

De Wikidanca

Ir para: navegação, pesquisa

A bailarina, coreógrafa e mestra Esther Weitzman é especialista em Arte e Filosofia, pela PUC-RJ (2006). Com formação em Dança pela Escola Angel Vianna e Educação Física pela Universidade Gama Filho (1987). Em 1995, aprofundou seus estudos com Ivaldo Bertazzo na Escola de Reeducação do Movimento em São Paulo . Lecionou por 10 anos na Escola Angel Vianna, onde por um período também exerceu a função de coordenadora. Atualmente, faz parte do corpo docente do Curso de Licenciatura em Dança e do Curso de Teatro da UniverCidade, no Rio de Janeiro, além da dar aulas de Dança Contemporânea na PUC-RJ.
A chave de sua carreira tem sido aliar à criação artística a atividade didática. O caminho de Esther vem sendo construído por muito trabalho e dedicação, com estudos profundos do corpo humano e seus movimentos. Essa pesquisa imprime em suas obras uma qualidade dramatúrgica em que o corpo humano se torna o objeto central, com seu vigor, sua força e inscrição no espaço dialogando com o silêncio, a pausa, criando uma linguagem em que o peso do próprio corpo é o que estabelece a partitura.
Coreografar, para Esther, é um processo que buscar as diferentes dinâmicas do corpo e seus movimentos, tendo no vigor físico um de seus principais aspectos.
"Me interessa a ação da gravidade no corpo, a relação que se estabelece com o chão. Peso, força, vigor. E também a leveza que é possível surgir daí".
Esther Weitzman

Esther Weitzman.jpg

Em 1992, Esther fundou o Studio Casa de Pedra-Centro de Educação e Arte do Movimento, que hoje figura como um dos lugares de excelência do ensino da dança e divulgação de novas linguagens do movimento no Rio de Janeiro, e em 1999, fundou a [Esther Weitzman Companhia de Dança], firmando-se como coreógrafa, criando uma companhia cuja identidade vem se consolidando ao longo dos anos e estabelecendo um padrão de excelência reconhecido em todos os seus trabalhos.
Seu trabalho de qualidade fez com que Esther se tornasse referência nos estudos sobre a dança, e por isso, tem sido convidada para ministrar oficinas práticas e teóricas em diversas cidades brasileiras, entre elas Aracajú, Belém, Belo Horizonte, Vitória , Recife , Joinville, Porto Alegre e Rio de Janeiro.


Tabela de conteúdo

Formação Profissional:


• Pós-graduada em Arte e Filosofia/Lato Sensu pelaPUC-Rio (2006);
• Lecionou por 10 anos como professora de Expressão Corporal, Dança Contemporânea e Composição Coreográfica na Escola Angel Vianna, onde por um período de um ano exerceu a função de coordenadora do curso técnico (de 1990 a 2000).
• Para aprofundar seus estudos, Esther Weitzman estudou com Ivaldo Bertazzo, por dois anos, na Escola de Reeducação do Movimento, em São Paulo (de 1994 a 1996);
• Se formou em Dança pelo curso técnico da Escola Angel Vianna e também em Educação Física pela Universidade Gama Filho (1987);


Atividades Profissionais:


• Desde 2006 integra o corpo docente do Curso de Teatro da UniverCidade , no Rio de Janeiro Rio de Janeiro.
• Em 2004 assumiu como coordenadora adjunta do Curso de Dança da UniverCidade, no Rio de Janeiro;
• Desde o ano 2000 integra o corpo docente do Curso de Licenciatura em Dança da UniverCidade (Rio de Janeiro).
• Em 1999, assumiu como diretora, coreógrafa e bailarina da [Esther Weitzman Companhia de Dança].
• É professora de Dança Contemporânea na PUC-Rio em cadeira eletiva desde o ano de 1999.
• Em 1992, fundou o Studio Casa de Pedra - Centro de Educação e Arte do Movimento.



Criações Coreográficas


• O que imagino sobre a morte, Prêmio Klauss Vianna (2009);
• Ela , ela também, Solos Sesc de dança (2009);
• Territórios, Prêmio Funarte Petrobras de Fomento à Dança (2006);
• Por Minha Parte (2005);
• A vida fora da Biografia, Solos Sesc de Dança (2005);
• Que Bicho é o homem? (2004);
• Alguma coisa de novo, Solos Sesc de Dança (2003);
• Sonoridades (2002);
• Jamais Fomos Modernas (2002);
• Presenças no Tempo (2000);
• Terras (2000).


Prêmios e bolsas para criação:


• Prêmio Encena-Brasil - Funarte Terras e Presenças no tempo (2001);
• Esther foi escolhida, junto a outros coreógrafos de todo o país, para participar da primeira edição do projeto Rumos Dança do Instituto Itaú Cultural, São Paulo (2001);
• A [Esther Weitzman Companhia de Dança] foi contemplada pelo VI Programa de Bolsas RioArte da Prefeitura do Rio de Janeiro para a realização da pesquisa História da Sonoridade dos Corpos - Uma Tentativa de Dançar Clarice (2001);
• Esther Weitzman foi convidada a participar como visitante brasileira, do The Suzanne Dellal Centre for Dance and Theatre - International Exposure Neve - Tzedek, em Tel-Aviv, Israel (2002);
• A Companhia realizou uma importante turnê pela Região Norte do país através do Projeto Palco Giratório - Sesc Nacional com o espetáculo Sonoridades e ministrando oficinas de criação dentro do projeto (2003);
• [Esther Weitzman Companhia de Dança] foi subvencionada pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro como umas das 13 companhias cariocas apoiadas (2003 a maio de 2005);
Prêmio Funarte Petrobrás - Fomento a Dança Territórios (2005);
• Prêmio Funarte Petrobrás de Dança Klauss Vianna Multiplicação Cultural na Dança (2006);
• Prêmio Editais de cultura 2008/edital de artes cênicas-Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (2008);
• Prêmio Funarte de dança Klauss Vianna - Montagem " O que imagino sobre a morte " (2009).

Trabalhos como coreógrafa convidada:


• Supervisão e orientação coreográfica na montagem O solo do Outro, PE, Recife em 2007;
• A vida fora da bibliografia, apresentada no Solos SESC de Dança (2005);
• Quem é o rei? , apresentado no espetáculo de formatura do Ateliê Coreográfico - CCRJ em 2004;
• Alguma coisa de novo, apresentado no Solos SESC de Dança de 2003;

Trabalhos para o Teatro:


• Coreógrafa convidada para a montagem da ópera "Fidélio" no Theatro municipal do Rio de janeiro ,direção de Alberto Renault (2008);
• Direção de movimento e coreógrafa da peça Dois idiotas sentados no barril com Direção de André Mattos (1996);
• Direção e preparação corporal da peça No Natal a gente vem te buscar em parceria com Abílio Ramos (1995).

Experiência como Produtora:


• Em maio de 2008 participou como coreógrafa da Ópera Fidélio (Theatro Municipal do RJ) com direção do diretor Alberto Renault, recebendo excelentes criticas como estreante em ópera (2008);
• Em fevereiro de 2007, no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, realizou um importante projeto contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna: Multiplicação Cultural na Dança-Reciclagem para professores de dança do Estado do Rio de janeiro e aberto para todos os profissionais do país (2007);
• Produtora do evento, que teve 5 dias de duração, Assim se passaram 10 anos - homenagem à Escola Angel Vianna. Teatro João Caetano, RJ (1995);
• Produtora do espetáculo de formatura da escola Angel Vianna. Teatro Villa Lobos, RJ (1993).


Referências


Esther Weitzman Companhia de Dança

Ferramentas pessoais
Espaços nominais
Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas
Visite-nos
Idana.net - Home